Num comunicado enviado à comunicação social, a organização da cimeira tecnológica anunciou que o número de startups e de parceiros excedeu as expectativas para este ano em cerca de 20%! Paddy Cosgrave, cofundador e presidente executivo da Web Summit, prevê cerca de 70 mil participantes, incluindo 1.800 ‘startups’, 1.500 investidores e dois mil membros de ‘media’ ao longo dos três dias da Web Summit.

A organização deste ano revela-se entusiasmada em relação a algumas das iniciativas, tais como as mulheres na tecnologia e o ‘planet:tech’. Paddy Cosgrave revelou ainda que as alterações climáticas será um dos grandes temas da edição deste ano.

A abrir a conferência estará Edward Snowden, ex-analista informático e que denunciou o caso de vigilância internacional por parte da CIA. 

Snowden vai participar por videoconferência, uma vez que se encontra asilado na Rússia, para onde fugiu após ter exposto informação confidencial e ser procurado pela justiça norte-americana.

Para além de Snowden, pelos palcos da cimeira vão passar ‘nomes de peso’ no mundo da tecnologia, tais como o CEO do Tinder, o ‘chairman’ da Huawei, o CEO da Wikimedia, dois comissários europeus, entre outros.

Ao logo de três dias, mais de 2 mil startups que vão estar em Lisboa a dar a conhecer as suas ideias de negócio em busca de um investidor à medida.

A organização deste ano revela-se entusiasmada em relação a algumas das iniciativas, tais como as mulheres na tecnologia e o ‘planet:tech’. Paddy Cosgrave revelou ainda que as alterações climáticas será um dos grandes temas da edição deste ano.

Notícias recentes

Campanha HP

Hardware|

Com o suporte para Microsoft Windows 7 a terminar em janeiro de 2020, chegou a altura de escolher o seu novo computador Windows 10. Saiba mais sobre o [...]