Com o aumento da utilização da internet e da dependência informática, as empresas estão cada vez mais expostas a ataques avançados de pirataria.

Nos dias de hoje, um ciberataque pode significar prejuízos incalculáveis, podendo mesmo colocar em risco o seu negócio!

Confira quais os ciberataques mais utilizados atualmente:

UMA EM CADA QUATRO EMPRESAS SOFREU UM CIBERATAQUE EM 2021

Burla por email

Existem muitos casos de empresas a fazerem pagamentos de faturas, mas para o IBAN de um “hacker”!

São cada vez mais os casos ultimamente e com tendência a aumentar, de situações em que o cliente recebe uma fatura via email em nome do fornecedor. O email é exatamente igual, no entanto o IBAN para proceder ao pagamento das faturas é alterado para o IBAN do hacker.

O fluxo de interação de emails entre cliente->fornecedor é intercetado pelo hacker, sendo que os lesados apenas se apercebem da burla dias mais tarde, quando o processo é irreversível e os valores irrecuperáveis.

Malware Criptolocker

O Criptolocker é um tipo de malware conhecido como ‘ransomware‘, bastante utilizado para atacar utilizadores individuais e empresas.

Este é executado no computador da vítima, sem o seu conhecimento, criptografando diversos arquivos de dados.
Após a fase de criptografia, o Criptolocker exibe uma mensagem a informar que os arquivos foram ‘sequestrados’, solicitando o pagamento de um resgate para receber as senhas de criptografia que permitem reaver os arquivos.

Phishing

os ataques de Phishing e Smishing (por SMS) continuam a ser os incidentes mais registados.
O Phishing consiste no envio de mensagens de fontes aparentemente fiáveis e seguras, cujo principal objetivo é roubar dados pessoais sensíveis, tais como informações sobre inícios de sessão (login) ou dados de cartões de crédito.

Vishing

O Vishing (combinação das palavras Voice e Phishing), tem sido um tipo de ataque igualmente recorrente.

Este é um ataque feito por telefone, no qual o atacante tenta enganar a vítima para que esta forneça dados pessoais, financeiros ou de segurança ou faça transferências de dinheiro indevidas.

DDoS Attack

Conhecido como ataque de negação de serviço (DoS Attack) tem como objetivo a sobrecarga das atividades do servidor, deixando o sistema lento, tornando os sites e acessos indisponíveis.

Cryptojacking

Neste ciberataque, os hackers usam o computador do utilizador ou qualquer outro dispositivo conectado à internet para fazer mineração de criptomoedas.

A partir da instalação de um tipo de malware nas máquinas das vítimas, os criminosos exploram a capacidade e os recursos do computador para a geração de moedas.

Normalmente, o utilizador nem percebe a ação dos hackers, salvo nos casos em que a lentidão na navegação e o desempenho do computador são realmente notáveis.

Entre em contacto connosco e saiba como proteger a sua empresa!

saber mais

Notícias recentes

Site DTService

Webdesign CSW|

A DTS é uma empresa constituída por uma equipa com mais de quinze anos de experiência no sector dos transportes internacionais de mercadorias e que disponibiliza variados serviços na [...]

Programa IVAucher

Incentivos|

O que é o IVAucher? No âmbito do Orçamento de estado para 2021, arrancou esta terça-feira (1 de junho) o IVAucher. Este programa permite aos contribuintes portugueses acumular [...]